sábado, 26 de maio de 2012

Aprender a sentir saudade

Saudade, é um sentimento que temos em todas as fases da vida. Não sei o que muitas pessoas sentem, mas quando sinto saudade, sinto um peso perto do coração, meus olhos enchem de água. Sinto-me fraca, envolvida num estado de pressão. A saudade é uma companhia que se faz presente nos momentos que estou sozinha, nem sempre estou pensando nos fatos, mas ela vem forte. Na maioria dos momentos que vem esse sentimento, sou surpreendida por lembranças de acontecimentos e de pessoas que fizeram parte da minha vida e, por força maior sairam, muitas vezes, de maneira brusca ou dolorida e algumas vezes, simplesmente, quiseram sair da minha vida, sem importar o quanto eu iria sofrer por esse afastamento.
Por que só nós que falamos o idioma português, temos essa palavra para definir um sentimento que não deveria fazer parte da nossa vida?  A saudade não poderia existir, pois assim não sofreríamos por coisas que não podemos trazer de volta ou consertar. Essas lembranças, deveriam desaparecer da nossa mente. Se por um dia tivesse algum poder, faria desaparecer dos corações das pessoas o sentimento da saudade. Nem sempre a saudade que sentimos foi causada por nós, a grande maioria é fruto de alguém que fez parte da nossa vida, que partiu ou deixou de nos amar. Também tem a saudade do tempo da infância, da adolescência, da escola, de lugares que passamos até mesmo de algo que comemos ou de momentos de boas risadas, assim vai... quanto mais vivemos mais saudades vamos sentindo.
Penso que esse sentimento deve ser saudável, isso quando nossas lembranças são de alegria, de cumplicidade, enfim só de coisas boas. Claro que choro ou sinto esse peso no peito, quando a saudade bate forte de algo importante, que hoje vejo passar na minha mente de maneira muito rápida, como se fosse um flash... ou de alguém que gostaria que estivesse por perto, que pudesse abraçar, conversar, dar boas risadas, que tivesse a chance de dizer sempre mais e mais o quanto é importante na minha vida.
Com o passar do tempo acho que vou aprender a trabalhar esses momentos de saudade de maneira que sejam sempre lembranças de alegria, desde que eu aprenda a marcar no coração somente as pessoas e momentos de satisfação e realização na minha vida.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. S entimento,
    A lguma coisa inexplicável, doída...
    U ma sensação
    D e perda, falta e distância.
    A mor ausente!
    D esejo louco de voltar a ver, ou possuir.
    A ssim foi seu texto
    D e saudade.
    E terna lembrança de algo que já se foi.

    ResponderExcluir