sábado, 4 de abril de 2009

Sábia Solidão

Solidão, dizem que é o mal desse nosso tempo. Para mim, os momentos de solidão, são os momentos que mais me descubro, mais penso em mim, penso nas mudanças de comportamento, de valores, ouço minhas músicas, curto o silêncio, ah!! como é bom ouvir o silêncio...
É claro, que tenho os momentos de solidão, de dor, de saudade, falta de um ombro amigo, de alguém para massagear meus pés, de falar do nada, falta do calor humano, de um abraço, aqui no caso, de urso, de compartilhar as ansiedades, angústias, discutir a relação, da ajuda para a solução de $$$.
Bom se formos pesar, a solidão faz-nos sentir a falta do outro.
Prova que ter companhia é importante, isto faz-me lembrar que nunca tive amiga confidente ou fui confidente de alguém...talvez por isso, eu goste de ficar sozinha. Tem horas que prefiro ficar sozinha, gosto de fazer caminhada sozinha, andar pela praia sozinha, assistir filme sozinha, sair como fazer compras, ao shopping gosto de ir sozinha, não tenho o menor constrangimento em entrar num restaurante ou bar sozinha, fazer o pedido, sentar numa mesa e desfrutar do pedido!
Bom, isto não é meu cotidiano, não vão pensar que só faço isto...tenho o outro lado de adorar conversar, rir, contar e ouvir piadas, converso com quem chega perto, quem me conhece sabe que não sei ficar muito tempo quieta.
Vou ao trabalho de ônibus, muitas pessoas riem quando falo que gosto dessa pequena viagem, pois ando uns 40 minutos, tempo que não deixo em branco. Vou observando as pessoas e suas diferenças, meu Deus! como o Senhor é criativo!!! fico analisando quantos problemas para resolver? quantos amores nascendo? amores morrendo? quantas decepções? quantos desejos? sonho? alegrias que são revividas nesse percurso? noites mal dormidas? hum...noites bem dormidas...ah! são tantas realizações e desilusões...que chego a pensar que nesse tempo dessa pequena viagem, todas aquelas pessoas estão vivendo a "sua solidão".
Mesmo me descrevendo como uma pessoa que curte a solidão, não troco um bom bate-papo por nada nesse mundo. Minha ansiedade fica clara quando vou conversar com alguém que demora para falar, fica buscando no baú, ou fica pensando nas palavras...ai isso me dá uma gastura! não aguento e, já vou dizendo o que penso que a pessoa vai falar, sei que preciso tratar disso.
Tenho pena das pessoas que são solitárias por escolha de vida, conheço algumas. Não acredito que fizeram essa escolha por querer, mas simplesmente chegaram a isto...são pessoas fechadas, não aceitam o outro como ele é. Querem que as pessoas sejam como ele são, ora Deus é tão poderoso e mágico que mesmo nossos dias não são iguais, nunca vi um dia igual a outro! Essas pessoas deveriam pensar nisso, dou como sugestão a terem também seus momentos de solidão, quem sabe percebam que somos diferentes, minha alegria é diferente, minhas tristezas são diferentes, gostaria que essas pessoas deixassem de querer mudar aquilo que para eles está errado, como educadora digo:" aprende-se muito com os erros", então vamos errando para aprender!!!
Nunca sintam que não podem curtir a solidão, sejam sábios para tirar proveito desses momentos!!!

8 comentários:

  1. É, como ta escrevendo bem minha mãe hein!! hehehe
    Td realidade, oq acontece na vida! E espero que isso as pessoas reflitam, pensem na vida e tentem mudar para serem mais felizes, mais animadas e contentes!! bjoo!!

    ResponderExcluir
  2. Nossa!!!! show de bola esse texto.
    Acho a solidão um paradoxo... é bom e ruim... bom porque é o momento da gente se encontrar com a gente mesmo, de refletir a respeito de nossas ações, enfim de fazer nossas avaliações....
    Mas tem momentos que é chato ficar só. O ser humano não foi feito pra viver só.

    Bjs, Jane

    ResponderExcluir
  3. Olá Jane, sou colega de trabalho da Bá. Ela me falou do seu blog, e me passou o endereço. Gostei muito, por isto estou te escrevendo para te dar os parabéns pelo texto.
    Sou divorciado a 2 anos, a 2 anos vivo uma certa solidão em determinados momentos, não por opção, mas por ocasião, e isto tem sido muito benéfico, porque acabei me conhecendo, me reencontrando e gostando muito mais de mim mesmo. De repente, ao longo do caminho encontrarei outra parceira. Acredito que atualmente, as pessoas acabam errando porque encontram alguém, não se preocupam em conhecer, em aceitar, em ser parceiro, e sim , ficam estabelecendo expectativas, tentam mudar o outro, a outra, e projetam toda uma carga de desejos, de embalagem e aí a coisa não da certo.
    Vou atualizar meu blog e te passo o endereço.
    Parabéns.

    Victor

    ResponderExcluir
  4. Acho que ficar a sós e descansar durante um período, parar para analisar o que está se passando ao nosso redor é, de fato, uma maneira de manter nossa mente em forma. Dar um tempo para renová-la e enxergar quem realmente é... Sem dúvida, um momento ideal para colocar as coisas em seus devidos trilhos!
    Boa dica para todos, Jane!
    Bjsss

    ResponderExcluir
  5. Oi Jane....adorei seu blog!
    Parabéns pelo texto.
    Me fez pensar á respeito da solidão.
    Na verdade temos que encarar que somos todos sozinhos e quando não estamos só, é pura ilusão.
    Beijoooo
    Ale

    ResponderExcluir
  6. Aquele primeiro comentario foi meu!!!! hehehe

    ResponderExcluir
  7. Oi Jane, meu blog é www.thevictorbrum.blogspot.com, quando puder leia, to atualizando, mas é legal ler as opiniões. Um abraço.

    ResponderExcluir